PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DOS CUIDADORES DE IDOSOS

Mais Enfermagem

PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DOS CUIDADORES DE IDOSOS

 

Por diversas vezes as famílias questionam quais as atribuições dos cuidadores de idosos. Resolvemos enumerar as principais funções desse profissional e esclarecer alguns pontos que são questionados com recorrência.

 

Principais funções dos cuidadores de idosos:

 

  • Fazer companhia;
  • Organizar e administrar os remédios de acordo com a prescrição médica;
  • Cuidar da higiene pessoal do acompanhado (no caso deste não conseguir realizá-la);
  • Preparar e servir as refeições (desde que o momento da preparação da refeição não coloque em risco o idoso);
  • Levar o acompanhado para exercícios físicos e passeios autorizados pelo médico;
  • Levar o acompanhado à consultas médicas, exames, fisioterapia, e entre outros;
  • Prestar auxílio em tarefas cotidianas;
  • Observar por possíveis problemas de saúde e conhecer os procedimentos requeridos em cada caso;
  • Manter-se em contato com os familiares do acompanhado e informá-los do estado de saúde e atividades realizadas;
  • Tarefas administrativas como pagamento de contas, ida à farmácia, realizar compras de mercado (desde que essas tarefas não coloquem em risco o idoso);
  • Ajudar na socialização do idoso
  • Manter o ambiente limpo e organizado (desde que essas tarefas não coloquem em risco o idoso);

É importante observamos que algumas atribuições são de responsabilidade do cuidador de idosos, porém temos que ponderar o risco que essa atividade causará. Por exemplo, quando um idoso mora sozinho com os cuidadores, temos que observar se esses cuidadores poderão se ausentar para executar algumas atividades que teoricamente seriam de sua obrigação, como comprar um remédio ou até mesmo lavar louças e limpar a casa. Se o idoso tem um baixo grau de dependência, o cuidador pode tranquilamente realizar essas funções, porém se o grau de dependência for alto, o ideal é que a família realize essas funções secundárias ou contrate outra pessoa para faze-las.

 

Neste cenário, o ideal é que haja sempre o bom senso e uma conversa franca com os profissionais de saúde envolvidos no cuidados ao idoso (médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, cuidadores, entre outros) para estabelecer o melhor a ser feito e estabelecer quem realizará cada atividade. O importante é sempre prezar pela segurança e qualidade da assistência ao idoso.

Enf. MSC Eduardo Líneker

Veja Também.